Time ficou no 1 a 1 contra a Portuguesa Londrinense

Diário Agora Adenir Brocco

Natan perdeu a chance de virar para o Pato (Foto: Adenir Brocco/Diário)

Com problemas de documentação, o Pato Branco Esporte Clube teve apenas 13  jogadores, entre titulares e reservas, para o jogo contra a Portuguesa Londrinense, ontem à tarde no Estádio Os Pioneiros. O Tricolor ficou no empate, por 1 a 1, diante da Lusa, com quem divide o segundo lugar do grupo A, com um ponto cada. A liderança é do Francisco Beltrão, com três pontos. O São José, próximo adversário do Pato Branco, ainda não pontuou.

No primeiro tempo, o Pato Branco levava perigo em cobrança de faltas e escanteios. Pedrinho lançou a bola na área e Marquinho cabeceou para fora. A Portuguesa passou explorar o setor direito do Tricolor e se deu bem. Aos 13 minutos, Alisson aproveitou cruzamento para abrir o placar em favor da Lusa. O técnico Carlos Nunes inverteu os laterais e o Pato Branco chegou ao empate aos 21 minutos. Pedrinho tocou para Daniel Resende que bateu rasteiro da entrada da área, sem chance para o goleiro Gustavo. O Tricolor criou outras oportunidades no primeiro tempo, com Natan e Francis, mas a bola não entrou.

No segundo tempo, o Pato Branco partiu em busca da vitória, mas o zagueiro Marquinho saiu contundido e teve que entrar o goleiro reserva Paulo para jogar na linha. O Tricolor teve chances com Natan e Bruno, mas Gustavo defendeu. A Portuguesa deu o troco com Alisson, que obrigou Adeilson a praticar uma excelente defesa. Daniel entrou no lugar de Bruno e o Pato Branco criou outra oportunidade para virar o placar, com Natan, que bateu para a defesa de Gustavo.

O Pato Branco volta a jogar no próximo dia 13, fora de casa, contra o São José, às 15h, em local ainda a ser definido. Para este jogo, o técnico Carlos Nunes deverá contar com todo o elenco para conseguir os três pontos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *