Reportagem Adenir Brocco / Diário do Sudoeste

O Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) da Federação Parananese de Futebol (FPF) puniu o São José por ter utilizado um jogador irregular em jogos do Estadual da 3º Divisão com a perda de nove pontos, em julgamento realizado na última segunda-feira à noite. A diretoria pode recorrer da decisão, mas, se a punição for mantida pelo TJD, o Pato Branco Esporte Clube garante o acesso a 2º Divisão de 2014. A punição ao São José ocorreu por ter utilizado o jogador Kaio Felipe Fagundes de forma irregular em três jogos do Estadual da 3º Divisão, contra Campo Mourão, Pato Branco e Portuguesa Londrinense.

O Prazo de inscrição de jogadores na 3º Divisão era até o dia 17 de outubro. No entanto, Kaio tinha contrato com o Clube Atlético Suzano (SP) até o dia 25 de outrubro. Além disso, o jogador somente teve o nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF como jogador do São José no dia 30 de outubro. O presidente do Pato Branco esporte Clube, Gilmar Resende, aguarda uma posição da Federação Paranaense de Futebol (FPF), que deverá se pronunciar nesta quinta-feira com relação à decisão do Estadual da 3ª Divisão.

O São José chegou a disputar o primeiro jogo da final com o Cascavel, perdendo por 2 a 1, mas agora o adversário do Cascavel seria o Pato Branco. “Se precisar, os jogadores serão chamados para a decisão. No entando, o que interessa para nós é o acesso à 2ª Divisão”, afirmou

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *